Como Educar um Cachorro Filhote – 6 Práticas Essenciais

img

A educação de um cachorro filhote é um exercício que exige muita dedicação e paciência. Embora existam algumas regrinhas gerais que todos devem seguir, esses exercícios podem variar bastante dependendo de cada filhote, cada um precisará dos seus próprios horários e repetições.

Os filhotes estão além do adorável, mas vamos ser sinceros: criar um cachorro filhote está cheio de desafios. Se você nunca teve um cachorro antes, a tarefa pode parecer bastante assustadora e, uma vez que esses grandes olhos de filhote capturam seu coração, não há como voltar atrás.

Aqui estão algumas dicas e práticas essenciais para passar pelo estágio de educação do filhote e garantir que seu novo bebê de quatro patas cresça e se torne um cão feliz, saudável e bem ajustado.

Antes de admitir adotar um cão

É importante que antes de você levar o novo integrante para casa, que essa seja uma decisão considerada e aprovada por todos os membros da família.

Vale lembrar que um cachorro vai nos acompanhar entre 12 e 17 anos pela nossa vida, então ele precisará de companhia, atenção veterinária, passeios diários ou até ir a uma creche para cachorros para socializar.

Além disso, para que esse cachorro tenha uma personalidade estável na fase adulta, o ideal é adota-lo quando ele tiver entre dois e três meses de vida, quando ele já conhece a linguagem canina e já está corretamente relacionado com a mãe e os irmãos, e é sempre importante usar um reforço positivo para educá-lo e evitar as punições e gritos.

Normas dos familiares 

Além de adquirir tudo o que ele precisa, como, uma cama para cachorros, acessórios e brinquedos, também é muito importante estabelecer padrões comuns que toda a família vai precisar respeitar e seguir, como os horários de alimentação, horas de passeio e o que se pode e o que não se pode fazer para sua educação.

Se, por exemplo, nós não queremos que o nosso cachorro fique no sofá ou em cima da cama, nós não vamos puni-lo por isso, é importante reforçar o comportamento pare ele descer.

Os filhotes são pequenos feixes de energia que geralmente são intensamente curiosos sobre o ambiente. A vida com um cachorro filhote não é tão diferente da vida de um bebê humano, você precisará de muita paciência enquanto vigia seu filhote para mantê-lo longe de problemas, instruí-lo no comportamento apropriado e ensiná-lo com segurança sobre o mundo.

Educação de um cachorro filhote

A chegado do cachorro filhote

No dia que o filhote chega em casa, nós precisamos transmitir muita confiança, calma e segurança é melhor evitar esmagá-lo, gritar e até ficar bravo se ele fizer xixi no lugar errado, muito pelo contrário, nós vamos deixar que ele cheire o novo ambiente para ir se adaptando pouco a pouco, é super normal que nos primeiros dias de adaptação o filhotinho fique mais tímido e reservado e até chora no período da noite.

Nesses primeiros dias o que temos que fazer é não dar tanta atenção para esse choro.

A boa notícia é que os filhotes dormem muito, embora nem sempre durmam durante a noite, ele pode acordar a casa choramingando e latindo para expressar seu desagrado por ficar sozinho. Os filhotes também são levados a mastigar muito quando os dentes adultos entram e podem ver a (versão) cachorrinho de um anel de dentição no tapete da sala, no sofá, no seu par de sapatos favorito e até na sua mão.

Se você ficar frustrado com seu novo animal de estimação, é importante lembrar que a tarefa de criar um cachorro filhote é temporária. Ele será adulto quando fizer seu primeiro aniversário e deixará para trás a maioria das tendências de filhotes quando se estabelecer na idade adulta.

O que um cachorro filhote deve aprender?

Enquanto o calendário de vacinação não estiver terminado o filhote ainda não pode sair de casa, mas nós já podemos ensiná-lo a fazer xixi no lugar certo, aproximando-se dele depois de comer, na hora de acordar e depois de se exercitar e quando ele fizer isso vamos reforçar esse comportamento positivamente para que pouco a pouco ele vai associando o local onde ele deve fazer as suas necessidades. 

Nós também já podemos começar a estimular a mente dele dedicando entre 10 e 15 minutos por dia para a obediência básica, nós podemos ensiná-lo a ir e vir e a se sentar, por exemplo.

Educação canina: Eduque seu cão você mesmo, em sua casa, com 5 minutos de brincadeiras 

Você precisará estar pronto para começar a treiná-lo assim que o levar para casa. Se você planeja treiná-lo, prepare-o. Torne-o confortável forrando-o com cobertores ou uma cama de cachorro, mas verifique se é grande o suficiente para que ele tenha espaço de sobra para se levantar, se virar e deitar.

Lentamente, apresente-o ao caixote, deixando a porta aberta e deixando-o explorá-lo por conta própria. Você pode ajudá-lo a entrar jogando um brinquedo ou dois pedaços de comida. Quanto mais confortável ele estiver na caixa, mais fácil será para vocês dois durante o treinamento.

Filhotes acima de 3 meses

Quando o filhote já tiver todas as vacinas e as vermifugações em dia, já é hora de sair. Vamos então ensinar a fazer xixi na rua e seguir sempre o mesmo procedimento de casa, também é importante socializar ele com todos os tipos de cães e pessoas para incentivar o comportamento positivo e social, é claro precisamos garantir que todos esses encontros sejam bem positivos, já que um desentendimento pode gerar medo, traumas e um comportamento reativo.

A socialização adequada é um elemento-chave para criar um cachorro filhote com sucesso.

Para que ele cresça como um cão bem ajustado, ele precisa ser exposto ao maior número de pessoas, lugares, experiências e situações possíveis. Enquanto você deve esperar até que ele tenha todas as vacinas antes de tirá-lo em público ou deixá-lo se aproximar de outros animais, você pode começar a socializar seu filhote imediatamente, simplesmente brincando com ele e apresentando-o a novas pessoas, paisagens, sons e cheiros, e texturas.

Nutrição deu um cachorro filhote

Cachorros filhotes têm necessidades nutricionais e energéticas diferentes dos cães adultos. Procure um alimento para filhotes de alta qualidade, especialmente formulado para apoiar o desenvolvimento e crescimento do filhote. A quantidade adequada de alimento depende de fatores como idade, tamanho e raça. É uma boa ideia consultar o seu veterinário sobre quanto e com que frequência alimentar seu filhote.

Para algumas raças pequenas, pode ser melhor alimentar livremente os filhotes para garantir que eles recebam nutrição adequada. Os cães de raças pequenas atingem a maturidade física mais rapidamente do que as raças maiores e podem ser trocados para comida de cachorro adulto e porções de tamanho adulto entre nove e doze meses.

Raças maiores podem levar dois anos para atingir a maturidade física e devem seguir uma fórmula de filhote durante esse período. Eles também devem ser alimentados com várias refeições por dia com porções controladas para evitar complicações, como inchaço no estômago e acúmulo de excesso de proteína ou cálcio, o que pode levar a condições como displasia da anca. Um cronograma de alimentação estruturado para seu filhote de raça maior pode ser algo como isto:

  • Seis a doze semanas: quatro refeições por dia
  • Três a seis meses: três refeições por dia
  • A partir dos seis meses: duas refeições por dia
Treinamento de cachorro filhote

Treinamento básico e avançado

Quando o filhote estiver com cinco ou seis meses de vida, nós já podemos começar a obediência básica, praticando diariamente os exercícios de se sentar, ficar em pé, deitar, ir e vir.

A finalidade disso é estimular a mente e mantê-los sempre ativo e saudável.

Quando se trata de treinar em casa e estabelecer as regras de conduta apropriada, é importante ser paciente com seu filhote e usar reforço positivo para criar associações felizes com o comportamento correto. Geralmente é melhor ignorar comportamentos indesejados ou corrigir seu filhote com um simples, mas firme “não”. Nunca bata ou grite com seu filhote isso apenas o confundirá e fará com que ele se sinta ansioso e com medo.

DICA: Como treinar seu cachorro sem sair de casa com 5 minutos de brincadeiras diárias

Quando ele se envolver em comportamento negativo, tente direcioná-lo de volta para algo positivo. Por exemplo, se ele estiver mastigando algo que não deveria, direcione-o de volta para um de seus brinquedos. Assim que tiver idade suficiente, considere matriculá-lo em uma aula de obediência. Isso não apenas ensinará a ele como se comportar, mas também ajudará a promover a socialização e fornecerá as habilidades necessárias para treiná-lo adequadamente.

Criar um cachorro filhote não é uma tarefa fácil, mas é uma aventura cheia de recompensas, à medida que você desenvolve um vínculo profundo com ele, que perdurará por toda a vida. Muita paciência e um pouco de esforço extra transformarão seu aluno indisciplinado em um cavalheiro divertido que fará valer todo o esforço necessário para o seu desenvolvimento.

This div height required for enabling the sticky sidebar